You are currently viewing Brinco-de-princesa – Fuchsia hybrida

Brinco-de-princesa – Fuchsia hybrida

Flor símbolo do Rio Grande do Sul, o brinco-de-princesa ou fúcsia é uma planta que faz um enorme sucesso internacional. Possui muitas variedades, sendo que tanto pétalas, quanto sépalas podem ser de cores e de formas diferentes. As cores mais comuns são vermelho, rosa, azul, violeta e branco, com diversas combinações, sem mesclas. A ramagem é pendente, mas pode haver variações, com plantas mais eretas e outras mais pendentes. O porte também varia entre as cultivares, de forma que há formas arbustivas e outras de porte herbáceo.

Para ficar sempre bonito, o brinco de princesa requer boa iluminação, de preferência sob luz difusa ou meia-sombra, no entanto muitas variedades vão bem sob sol pleno. Mas um detalhe é unânime, as fúcsias apreciam o frio e portanto deve-se dar preferência para o cultivo no sul do país e nas regiões serranas. No paisagismo pode ser plantado isolado ou em grupos, atraindo muitos beija-flores. Algumas cultivares são próprios para cestas pendentes e ficam ótimas em varandas. O substrato deve ser bem fértil, enriquecido com húmus e composto orgânico. A propagação pode ser por sementes ou por estacas.

Nome Científico: Fuchsia hybrida
Nomes Populares: Brinco-de-princesa, Agrado, Fúcsia, Lágrima
Família: Onagraceae
Categoria: Arbustos, Arbustos Tropicais, Flores Perenes
Clima: Mediterrâneo, Subtropical, Tropical
Origem: América do Sul
Altura: 0.4 a 0.6 metros, 0.6 a 0.9 metros, 0.9 a 1.2 metros
Luminosidade: Luz Difusa, Meia Sombra, Sol Pleno
Ciclo de Vida: Perene