You are currently viewing Piteira-do-caribe – Agave angustifolia

Piteira-do-caribe – Agave angustifolia

A piteira-do-caribe é um planta escultural muito adaptada a seca. Suas folhas são longas, rígidas, em forma de espada, dispostas em roseta, com margens de coloração branco-creme ou amarelo e possuem espinhos nas margens e nas pontas. O tronco é curto e serve para a produção de Mezcal, nome genérico para os licores mexicanos, que incluem a conhecida tequila. A floração ocorre quando as plantas estão adultas e pode demorar mais de 10 para acontecer. A inflorescência é muito alta, chegando a 3 metros de altura e apresenta flores amarelas ou brancas.

No paisagismo, os maciços e canteiros de piteiras-do-caribe têm um belo efeito dramático em jardins amplos, mas as plantas isoladas ou em pequeno número também se encaixam perfeitamente em jardins de pedra e geométricos. É muito rústica e seus espinhos agressivos são capazes de manter cães e gatos afastados, no entanto eles podem ser removidos, caso estejam eventualmente machucando as pessoas. Devido a estes espinhos, normalmente não devemos plantar o agave ao longo de caminhos e passeios. Por seu pequeno porte em relação aos outros agaves, também pode ser plantado isolado em vasos.

Devem ser cultivadas sob sol pleno, em solos leves, bem drenáveis e enriquecidos com matéria orgânica. As regas devem ser poucas e esparsas, apenas quando o substrato secar. Adubações anuais, durante o período de crescimento são suficientes. Toleram condições de sombra parcial. Multiplicam-se por sementes e pela separação das mudinhas que se formam na inflorescência e na base da planta mãe.

Nome Científico: Agave angustifolia
Nomes Populares: Piteira-do-caribe, Agave, Agave-da-borda-amarela
Família: Agavaceae
Categoria: Arbustos, Arbustos Tropicais, Plantas Esculturais
Clima: Equatorial, Mediterrâneo, Subtropical,Tropical
Origem: América Central, América do Norte,Antilhas
Altura: 0.6 a 0.9 metros, 0.9 a 1.2 metros
Luminosidade: Sol Pleno
Ciclo de Vida: Perene